Escolha uma linha
Diminuir Normal Aumentar
1
Indique para os seus amigos
Indique para os seus amigos

10/10/2011
Novos Ares
Por Senador Clésio Andrade, presidente da CNT.

imagem

Está em tramitação no Senado Federal projeto de lei de minha autoria que obriga fabricantes e revendedores de automóveis a fornecer informações sobre os níveis de emissões de gases dos veículos.

A finalidade é oferecer mais informações aos compradores de modo que possam optar pelos menos poluentes e induzir as montadoras a investir em novas tecnologias.

 De toda a poluição atmosférica na cidade de São Paulo, 58,1% são emitidos por veículos de passeio.

De acordo com a Universidade de São Paulo, essa quantidade de poluentes no ar é responsável, ainda que indiretamente, pela morte de quase uma pessoa por hora, na cidade.

Doenças como asma, pneumonia, bronquite, câncer de pulmão e mesmo infarto e acidente vascular cerebral são agravadas ou causadas pela má qualidade do ar.

A cultura da preservação do meio ambiente é um tema que introduzimos com sucesso no meio transportador.

Desde 2007, a CNT vem mobilizando todo o setor de transporte para um novo procedimento em defesa do meio ambiente.

Por meio do Despoluir - Programa Ambiental do Transporte, a confederação promove o engajamento de empresários, caminhoneiros autônomos e taxistas com projetos, palestras e ações específicas para a mitigação e a reversão das consequências da poluição ambiental.

Um dos graves subprodutos da poluição atmosférica é o chamado efeito estufa, fenômeno relacionado ao aquecimento global, cujo principal indutor é o dióxido de carbono (C02).

No Brasil, as principais fontes de emissão desse gás são: o manejo florestal, com 75% das emissões, a queima de combustíveis pela indústria, com 7%, a queima de combustíveis de outros setores, com 6%, a queima de combustíveis no transporte (incluindo veículos de passeio), com 9%, e outros, 3%.

Com a grande aceitação do projeto de lei nos meios engajados nas causas do meio ambiente, vimo-nos instados a iniciar uma espécie de campanha de mobilização, inclusive nas redes sociais, para que as pessoas se informem a respeito dos índices de emissões de gases dos veículos que pretendem comprar.

A campanha está em detalhes em meu site na internet.

www.clesioandrade.com.br.

Entidades como o Greenpeace, a Zeladoria do Planeta, o Instituto Curicaca, a Associação Ecológica Amigos do Rio Sapucaí de Itajubá, a Ecoa e o Guanandi Instituto Renovação Social manifestaram apoio à iniciativa.

A qualidade de vida e o bem-estar que se deseja para a coletividade são aspirações universais intrin- secamente ligadas a fatores do desenvolvimento econômico, das condições de saúde das populações e do meio ambiente.

Portanto, a contaminação do ar, das águas e do solo afeta profundamente os objetivos superiores de felicidade para toda a humanidade.

À medida que compromete o equilíbrio dos ecossistemas, afeta a saúde das populações e atrasa o desenvolvimento econômico sustentável, a poluição passa a ser um sério problema merecedor de soluções competentes e efetivas de todos os segmentos organizados da sociedade.

Os custos ambientais do desenvolvimento a qualquer preço têm sido muito altos.

A sociedade espera iniciativas efetivas de revisão desse comportamento e novas medidas que promovam o equilíbrio e a sustentabilidade ambiental.




voltar
rodapé Cartão MelhorCartão Melhor Rodrigues Design Viação Sudeste Viação Santa Luzia Ir e Vir Cartão Melhor