Escolha uma linha
Diminuir Normal Aumentar
1
Indique para os seus amigos
Indique para os seus amigos

13/05/2011
O desenvolvimento sustentável passa pela inclusão e acessibilidade
Por Luiz Wagner Chieppe ,PRESIDENTE DA FETRANSPORTES

imagem

Há 20 anos foi promulgada no Brasil a lei que obriga as empresas com mais de 100 funcionários a contratar pessoas com deficiência para compor seus quadros de pessoal. A lei prevê que uma determinada quantidade de vagas, que varia de dois a cinco por cento do número total de colaboradores, deva ser reservada a essas pessoas. Até hoje, no entanto, grande parte das empresas ainda tem dificuldades em cumprir essa cota.

Ciente de sua responsabilidade, o setor de transportes e logística mergulhou fundo no assunto, há alguns anos, em busca de uma solução. pós muitas conversas, reuniões, debates e articulações, ano passado conseguimos dar mais um passo importante. ealizamos, através da Câmara de Desenvolvimento do Capital Humano (CDCH) da Fetransportes, o Seminário Construindo Caminhos - O Setor de Transportes Buscando a Acessibilidade de Todos e a partir dele evoluímos bastante.

Prova disso é que ainda este ano vamos realizar três cursos de capacitação para públicos diferentes, porém com o mesmo foco, ou seja, a inclusão e acessibilidade das pessoas com deficiência no mercado de trabalho. O Primeiro será para componentes da CDCH, dirigentes e profissionais das unidades capixabas do SEST SENAT; depois vamos atender aos profissionais das empresas de transportes, através do curso Transporte para Todos; e por último receberemos as próprias pessoas com deficiência e vamos prepará-las para ingressar na vida profissional. Para isso, o SEST SENAT está adaptando os cursos de Cobrador de Ônibus e Rotinas Administrativas.

Esse é um projeto piloto cujo objetivo é disponibilizar ao setor 60 novos colaboradores.Estamos firmes e fortes no propósito de fazer nossa parte, mas isso não significa que o processo será fácil.

A questão da inclusão de pessoas com deficiência no mercado é, sim, um desafio, mas que não só pode como deve ser encarado pelas empresas como uma incrível oportunidade de informação, conhecimento e ruptura de barreiras.Queremos e precisamos cumprir a lei.Porém, temos desenvolvido ações que visam mais do que isso.

Vários estudos comprovam os benefícios da diversidade no mercado de trabalho.Pessoas com formação diferente, com visões diferentes sobre os mesmos assuntos, com origens e costumes diferentes, reunidas num mesmo ambiente, promovem a criatividade, a inovação e o desenvolvimento sustentável.

E esse é o nosso principal objetivo.




voltar
rodapé Cartão MelhorCartão Melhor Rodrigues Design Viação Sudeste Viação Santa Luzia Ir e Vir Cartão Melhor